30 de junho de 2015

Receita: Creme De Confeiteiro ou Creme Pâtissière (Le Cordon Bleu)

Quem viu o episódio 7 da segunda temporada do Masterchef viu o Chef Pâtissière Fabrice Le Nud ensinando os competidores a fazer o famoso e clássico Creme Pâtissière.


Para quem ficou com vontade de fazer, eis a receita da Le Cordon Bleu.

125g de açúcar
5 gemas de ovos
25g de farinha de trigo
25g de amido de milho
500ml de leite
1 fava de baunilha

Em uma panela de fundo triplo coloque o leite, as sementes da fava de baunilha, que devem ser raspadas da fava com a ponta de uma faca, e a própria fava, levando o leite à fervura. Em paralelo bata o açúcar com as gemas em uma tigela com um batedor até obter um creme claro, firme e cremoso, adicionando por fim a farinha e o amido de milho.

Assim que o leite ferver, remova as favas e adicione metade deste leite na outra mistura de açúcar, ovos, farinha e amido, e bata bem para misturar com um batedor ou fouet. Agora este primeiro creme obtido vai voltar para a panela de com a outra metade de leite, delicadamente e mexa continuamente até que o creme engrosse. Ainda mexendo deixe o creme ferver por apenas 1 minuto.

Neste ponto, despeje o creme em uma assadeira, alise e cubra com um filme plástico, tomando o cuidado de deixar o filme plástico ficar em contato com o creme para que não crie uma película no creme. Reserve o creme para que ele esfrie um pouco e então leve a geladeira até o momento de usar. Quando for usar, bata o creme na batedeira até ele ficar com uma consistência lisa e homogênea.

*

Atenção para a lista de compras:
- Amido de milho
- Assadeira
- Açúcar
- Batedor ou Fouet
- Baunilha (disponível apenas em nossa loja física)
- Farinha de trigo
- Leite
- Ovos

Crédito da receita e foto: Le Cordon Bleu e Little French Bakery

25 de maio de 2015

Receita: Panna Cotta De Framboesa

Surpreenda o seu amor e a você mesma com esta deliciosa receita de Panna Cotta de Framboesa! Fácil de fazer e fica mais incrível ainda usando uma forma de silicone como a Rose da Silikomart.


Para prepara a sua Panna Cotta de Framboesa, você irá precisar de:
500 g de creme de leite
100 g de açúcar
125 g de leite
1 g de fava de baunilha
2 g de gelatina em folhas
120 g de framboesas
10 g de pistaches picados

Coloque as suas folhas de gelatina em uma tigela pequena com água para que hidratem. Em seguida leve ao fogo o creme de leite com o açúcar, o leite e a fava de baunilha, mexendo até que ferva. Acrescente as folhas de gelatina amolecidas (lembrando que é preciso espremer as folhas para tirar o excesso de água) e misture até que fique homogêneo.


Despeje o creme igualmente nas cavidades das formas tomando o cuidado de não encher de mais para que seja possível colocar em seguida algumas framboesas, para que fiquem no meio da panna cotta. Leve ao freezer até que estejam bem firmes. Desenforme e decore com framboesas e pistaches picados.

Para dar o efeito avermelhado a panna cotta, como o da foto, foi passado spray alimentício vermelho. Uma outra alternativa é usar corante em pó alimentício aveludado. Passe um pincel grosso no pó e em cima da panna cotta bata no pincel para que o pó caia sobre a sobremesa. Se preferir, uma outra forma de criar esta camada avermelhada é triturar um pouco de açúcar colorido vermelho e com a ajudar de uma peneira fina polvilhe sobre o doce uma leve camada.

Obs.: O ideal para a realização desta receita é usar uma balança para pesar os ingredientes. Caso prefira usar as medidas em xícaras, colheres e mililitros, confira este post aqui do sobre conversão de medidas.

*

Atenção para a lista de compras:
- Açúcar
- Creme de leite
- Fava de baunilha (disponível apenas em nossa loja física)
- Framboesa
- Gelatina em folha (disponível apenas em nossa loja física)
- Leite
- Pistaches (disponível apenas em nossa loja física)
- Forma de silicone

Crédito da foto e da receita: Silikomart

22 de maio de 2015

Princípios Básicos: O Que Usar Para Cobrir e Decorar Cake Pops

As opções de coberturas para os cake pops são tantas que fica difícil escolher qual usar. Aqui vamos te mostrar quais as opções que podem ser usadas e como.


Vamos começar pela cobertura mais usada de todas, o chocolate. O chocolate é perfeito para envolver os cake pops pois confere a eles mais uma camada de sabor e que agrada a todo mundo. Para aumentar o uso do chocolate nos cake pops criando uma infinidade de cores são usados os corantes em gel, especialmente em cima do chocolate branco, já que ele possibilita criar cores claras à escuras apenas aplicando quantidades diferentes de corante nele.

Das opções de coberturas líquidas que endurecem ao secar, se pode usar também o glacê ou o fondant. O glacê pode ser usado apenas para a decoração em cima do cake pop coberto com chocolate quando a sua consistência é um pouco mais grossa, igual a usada para se fazer contornos em biscoitos. Com o fondant, a mesma coisa, mas ao invés de ser usado com uma consistência mais líquida, pode ser trabalhado como uma massa, como se fosse pasta americana.

A decoração em cima da camada de chocolate, glacê ou fondant já aplicada no cake pop, pode-se ser usado estas 3 opções que já falamos acima, como também outras opções para modelar, como pasta americana e chocolate para modelar, para criar relevos, como os géis, dar cor, brilho ou textura, com confeitos, açúcares coloridos, pó brilhante para decoração e sprays, e criar desenhos lisos, com os próprios corantes e canetas alimentícias.

A pasta americana e o chocolate para modelar são perfeitos para quem quer criar desenhos, texturas e aplicações.



Os géis, como os Sparkle Gel da Wilton, são bem interessantes para fazer relevos cheios de brilho ou simplesmente para criar uma camada de aderência para se aplicar confeitos e açúcares coloridos sem interferir muito na cor de fundo do relevo, já que eles ficam transparentes ao secarem.



Os confeitos, açúcares coloridos, assim como também castanhas e frutas secas picadas (para cake pops para os adultos), criam uma camada ou detalhes nos cake pops ricos em textura. Eles podem ser aplicados no cake pop recém banhado no chocolate como em desenhos criados com as diversas opções mencionadas acima.


Já os sprays e o pó brilhante conferem aos cake pops brilho e cor, dando efeitos parecidos aos cake pops. A vantagem do pó brilhante é que ele pode ser aplicado com o uso de um pincel, como se você estivesse passando blush no cake pop, como também criando desenhos ao ser mistura com um pouco de vodka, essência ou gotas de suco de limão.

E por fim, quando se trata em criar detalhes lisos e desenhos definidos, as canetas alimentícias e os corantes são os ideais. Os dois fazem basicamente a mesma coisa, porém a caneta é mais prática pois é só abrir e usar para desenhar, enquanto os corantes precisam ser usados com pincéis

19 de maio de 2015

Por Que As Forminhas De Cupcake Abrem E Se Soltam?

Na busca de esclarecer grande parte das dúvidas sobre como as forminhas de cupcake e mini cupcake se abrem e se soltam, fizemos uma coletânea das dúvidas que recebemos de vocês, nossos leitores e clientes, para que seja possível entender o que deu de errado na fornada!


Existem diversas teorias para que as forminhas de cupcake se soltem da massa após assados e vamos discutir elas uma a uma. Só lembrando que são teorias e elas podem depender de outros fatores para acontecer.

A absorção de umidade pelas forminhas é uma das principais razões pelas quais as forminhas se abrem. Não pré-aquecer o forno antes de levar os cupcakes para assar causa essa soltura, por exemplo. Quando se leva os cupcakes para assar em forno não pré-aquecido, a forminha vai absorvendo a umidade da massa e conforme o cupcake assa, a forminha seca e se desgruda da massa do bolinho e por isso após assado ela pode se abrir.

Outra massa do cupcake ser úmida demais é da massa ser líquida ou gordurosa demais, pois assim fica mais fácil da forminha absorver a sua umidade e por isso no final pode se soltar. Neste caso o ideal é usar as forminhas ColorCups da Wilton. Elas possuem uma camada interna de papel laminado que impede que a forminha absorva a umidade da massa e ao mesmo, por ser laminado, ele ajuda a massa assar melhor.


O lugar ou como as forminhas são guardadas também é importante. Se as forminhas absorvem umidade mesmo que seja do ambiente elas se abrem e ficar até difícil de encaixar na assadeira de metal. por isso quando for fazer os seus cupcakes e as forminhas de papel estiverem abertas a dica é
usar as dicas aqui do blog de como fazer com que as suas forminhas voltem a ficar em forma.

A substituição de manteiga por margarina também pode fazer com que as forminhas se soltem. O motivo disto é que a composição da manteiga e da margarina são diferentes. A manteiga é uma gordura animal extraída do leite. A margarina é uma gordura vegetal feita através da emulsificação da água com óleos vegetais. Como a margarina é feita com água e óleo ela é mais fácil de ser absorvida pelas forminhas. Até é possível realizar essa substituição de ingredientes na receita tanto de cupcakes quanto de bolos, mas é preciso rever a proporção e interação entre os ingredientes.

É claro que as forminhas absorvem sempre um pouco de umidade da massa de forma inevitável e por isso o resfriamento dos cupcakes nas grades de confeiteiro são também importantes. Nas grades de confeiteiro os cupcakes não ficam em contato direto com nenhuma superfície e por isso ajuda a esfriar mais rapidamente e também a secar as forminhas com o próprio calor da massa e o contato com o ar. Mas se apesar disso as forminhas ainda se soltarem é porque o clima está muito úmido.

A quantidade de massa na forminha também influencia. Imagina que a massa ao assar ela cresce, sobe as paredes da forminha, entrando nas nervuras e com isso segura as laterais da forminha. Se você coloca pouca massa, o cupcake até cresce, mas ele pode não conseguir segurar as laterais da forminha e por isso ela se solta.

A relação conflituosa da forminha do cupcakes com a umidade que tanto falamos acima no final é simples de entender. A forminha é toda cheia de nervuras que ajudam a massa crescer aderindo a ela. Se a forminha absorve umidade, a água tende a ocupar espaço nas fibras do papel, deixando o papel mais flexível, "relaxado as nervuras", se soltando da massa do cupcake.

Para ilustrar basicamente o que acontece com o papel da forminha de cupcake, veja esse vídeo do experimento com papel de canudinho e água que toda a criança adora fazer!

30 de abril de 2015

Tutorial: Como Rechear Bolos

Com o bolo assado e cortado já em camadas (como mostramos neste post aqui), chega a hora de rechear! Os recheios enriquecem os bolos com mais uma ou mais camadas de sabor e textura, deixando-os ainda mais irresistíveis!


Se você busca um bolo em que o recheio escorra pelas laterais para fazer qualquer um ficar babando de vontade de experimentar uma fatia, então se joga e recheie o seu bolo livremente!

Mas se você procura um bolo em que o recheio fique limitado apenas na própria área da massa então lá vão algumas dicas de como rechear o seu bolo!


Os itens indispensáveis para se rechear um bolo são: espátula, bico de confeiteiro e saco de confeiteiro.


A espátula é uma ferramenta essencial ao se rechear bolos. Comece colocando uma boa quantidade de recheio no centro do bolo e vá virando-o (de novo, o uso dos suportes giratórios ou bailarinas são de grande ajuda), espalhando o recheio de dentro para fora em movimentos ondulares. Para nivelar o recheio, continue girando o bolo e mantenha a espátula parada, raspando o recheio delicadamente, igualando-o. É importante ressaltar que, usando apenas a espátula o acabamento do recheio, visualizando o bolo lateralmente, pode ser que não fique esteticamente 100% perfeito ou liso. Se você ainda for cobrir o bolo você pode ainda remover excessos ou consertar falhas.

O uso do bico de confeiteiro é ideal para quando se quer um acabamento mais perfeito ou quando se for rechear com alguma receita mais líquida e se quer evitar que este recheio escorra pelas laterais. No caso de usar um recheio mais líquido, como uma geleia ou um creme por exemplo, primeiro é importante fazer todo o contorno do bolo com um recheio mais cremoso ou pastoso, pois devido a consistência eles seguram o recheio mais líquido dentro da área do bolo. Feito isso é só espalhar a geleia ou o creme e colocar a próxima camada de bolo.



Já se o seu bolo for recheado inteiro com um recheio mais cremoso ou pastoso você pode optar por espalhar o recheio com uma espátula ou continuar usando o saco de confeiteiro com o bico para rechear, fazendo um zigzag em bolos quadrados ou retangulares, ou um espiral em bolos redondos indo de fora para dentro.

A escolha do tipo do bico também deve ser levada em consideração conforme a altura/quantidade de recheio que deseja e o tipo de acabamento. Para um acabamento liso e alto ou de bolinhas, opte pelos perles grandes. Para ficar com efeitos, use bicos pitanga. E finalmente para criar camadas finas os bicos serra grande são ideais, além de serem perfeitos para cobrir quando se vai alisar com uma espátula.

Foto: Divulgação (100 Layer Cake)