Pulverizador Mecânico (Aerógrafo) - Hobbycor

Você já viu bolos e doces decorados com aerógrafos ou pulverizadores? Eles proporcionam lindos acabamentos e decorações com cores, tendo um efeito único e perfeito para diversos tipos de decorações. Veja uma amostra de como fica o resultado:



O Pulverizador Mecânico (Aerógrafo) - Hobbycor funciona como um aerógrafo mecânico, ou seja, você bombeia o spray de corante sobre o alimento ou doce que deseja colorir. É muito fácil de usar e proporciona lindos efeitos, além de ser super barato se comparado à um aerógrafo.








Você pode usa-lo para decorar bolos em pasta americana, chantilly, glacês, chocolates e muito mais.

Uma técnica de decoração de bombons muito legal, e que está super na moda, é colorir o molde de bombons e trufas antes de colocar o chocolate, para que o bombom saia decorado, com cores e desenhos incríveis.

Use com corantes líquidos ou em (diluídos), são diversas cores para você escolher.

Como sempre lembramos, você pode comprar em nossa loja física ou em nossa loja virtual, entregamos em todo o Brasil.




Mandolin: um utensílio de cozinha que te ajuda muito

Nem todo mundo conhece pelo nome, mas muita gente já viu um mandolin. São os raladores e fatiadores de alimentos, que te ajudam muito no preparo de diversas receitas.



Existem diversos modelos, com mais ou menos lâminas e acessórios, mas a função básica de todos é a mesma: ralar e cortar ingredientes de forma prática, rápida e uniforme.

Eles servem para verduras, legumes e frutas, e dependendo do modelo permitem diversos tipos de cortes como liso, julienne, waffle, bastonetes e chips, entre outros. Você conseguirá estes cortes de maneira muito mais rápida e homogênea do que cortando com a faca.

Depois do corte feito no mandolin, você ainda pode finalizar com a faca para conseguir outros acabamentos, como cubinhos. Enfim, ele permite uma infinidade de preparos: de sunomono à batata frita.

O mais importante na escolha de um mandolin é a qualidade das lâminas: tem que ser afiadas e resistentes. Quanto melhor a lâmina, mais fácil e seguro de usar. Com este requisito cumprido, atente para o uso que vai fazer e tipos de corte que cada mandolin proporciona. Alguns só fatiam, outros fazem de tudo, com diferentes cortes e espessuras.

Normalmente tem um acessório para você segurar o alimento, que permite maior firmeza e segurança, pois seus dedos ficam longe das lâminas.

Agora que você já foi formalmente apresentado ao mandolin, escolha o seu e se divirta ainda mais na cozinha.

Temos diversos modelos, de qualidade excepcionais, para você escolher. Desde mais simples, como como este modelo básico da Prana até os super elaborados com da Oxo Good Grips e PL8.

Como sempre lembramos, você pode comprar em nossa loja física ou em nossa loja virtual, entregamos em todo o Brasil.

Moldes de Silicone para Decoração

Os moldes de silicone para decoração são um dos itens mais utilizados por quem trabalha com decoração de bolos e doces.




Eles permitem decorações super rápidas com pasta americana, chocolate, e massa de leite ninho. Além disto, funcionam também para artesanato, com biscuit, gesso, argila, massinha e muito mais.

Podem ser utilizados para decorações em bolos, docinhos, pães de mel, brownies ou qualquer outro doce. Alguns modelos, inclusive, podem ser utilizados para moldar o próprio docinho.

A variedade de modelos é enorme, atualmente temos mais de 200 modelos disponíveis em nossa loja. Você encontrará opções para os mais variados temas: temos moldes religiosos, de anjos, casamentos, infantis, personagens, flores, laços e muito mais, inclusive tapetes rendados e outros acabamentos. Além de linhas sazonais, como os moldes de Natal e de Páscoa.

Nós trabalhamos com moldes de silicone da Gummie, Silikomart, Celebrate e da Wilton. Todos fabricantes utilizam silicone próprio para o uso culinário, o que é essencial para quem trabalha com alimentos.

Para utilizar é muito fácil, basta colocar a pasta americana, pressionar para preencher bem a cavidade e remover. O mesmo processo é feito para outras massas/pastas que não precisam secar para serem desenformadas. Se estiver fazendo chocolate, basta preencher a cavidade, levar a geladeira para endurecer e desenformar.

Tem quem use até mesmo para modelar brigadeiros. Você já viu aquelas lindas flores de brigadeiros e ficou se perguntando como fizeram? Foi com um destes moldes daqui!

Como sempre lembramos, você pode comprar em nossa loja física ou em nossa loja virtual, entregamos em todo o Brasil.

Moldes para Chocolate, quais os tipos e para que servem?

Uma dúvida muito comum sobre bombons de chocolate é quais os tipos de forma existentes e a diferença entre elas.

Então vamos lá. São 5 tipos de formas mais comuns: PVC (ou acetato), PVC com silicone, polipropileno, policarbonato e silicone.



As formas de PVC simples são as mais comuns e baratas de todas. É um tipo de plástico que tem boa flexibilidade, permitindo a torção da forma. Isto facilita no momento de desenformar o chocolate, pois permite que você pressione o bombom para ele sair.

Apesar de não serem descartáveis a durabilidade não é o seu ponto forte. Como melhores características deste tipo de forma podemos destacar o preço, grande variedade de modelos e facilidade de trabalhar.

Do mesmo material, temos também as formas de PVC com silicone. Este modelo é um kit com duas formas de PVC e uma película de silicone entre elas. A grande vantagem é que fica muito fácil fazer bombons recheados e casquinhas de chocolate.

Basta você colocar chocolate na forma, posicionar a película de silicone e a outra forma. Depois de desenformar o chocolate já sairá da forma somente com a casquinha do chocolate.

Para esclarecer é importante dizer que PVC e acetato são o mesmo material, então se encontrar formas com estes nomes, são do mesmo tipo.

As formas de polipropileno já são feitas com um tipo de plástico mais resistente, parecido com aquelas formas brancas de gelo. Este material é bem mais duro do que o PVC e permite somente uma leve torção na forma para ajudar o chocolate a desenformar.

No entanto a durabilidade é maior e proporciona um melhor acabamento ao chocolate, quando pensamos em brilho.

Depois delas, temos as forma de policarbonato. Estas são extremamente rígidas e resistentes, se bem cuidadas duram por anos.

Por ser rígida não permite nenhum tipo de pressão no momento de desenformar, mas desde que o chocolate tenha sido trabalhado corretamente (temperado da forma correta) irá desenformar com uma leve batida na bancada.

O brilho e acabamento do bombom feito nesta forma são inigualáveis. Normalmente é o tipo de forma escolhido para quem faz chocolates profissionalmente, justamente pela durabilidade e pelo acabamento superior.

Por fim, temos as formas de chocolate em silicone. Por serem totalmente maleáveis ajudam muito no momento de desenformar, fica realmente muito fácil. O brilho do chocolate fica super legal e se a forma for de qualidade terá ótima durabilidade.

Como podemos ver, cada tipo de forma tem suas vantagens e se aquedam à um tipo de uso. Agora que conhece as opções, escolha a que faz mais sentido para você e faça lindos e deliciosos bombons! Você pode comprar em nossa loja física ou em nossa loja virtual, entregamos em todo o Brasil.

Maçarico Culinário: para o que serve e como usar?

Você já deve ter visto algum chef de cozinha utilizando um maçarico nas preparações doces ou salgadas. Ficou se perguntando o que eles estava fazendo?

Pois bem, o maçarico culinário serve para caramelizar o crème brûlée, tostar pele de peixe e tirar a casca do pimentão, entre outros truques.

Jefferson Rueda usa o maçarico para finalizar o sushi de papada de porco com tucupi negro, da Casa do Porco. Tadashi Shiraishi, do UN, passa o fogo em niguiris de vieira, lula e barriga de atum. O chef americano Thomas Keller, do The French Laundry e do Per Se, foi um dos primeiros a usar o maçarico em carnes preparadas no sous-vide, a cocção a vácuo. E são muitos outros exemplos que poderíamos citar, afinal o maçarico esta na cozinha de praticamente dos os chefs.

Com o maçarico culinário você poderá fazer doces, peixes, legumes, carnes e gratinados.

Na confeitaria, é muito utilizado para dar cor a merengues ou conferir sabor defumado em frutas. Um outro tipo de uso, que é uma ótima dica, é aquecer o fundo de bolws da batedeira ao bater ovos e cremes e o fundo de assadeiras e formas, no momento de desenformar.

Ainda nos doces, é utilizado para o famosos crème brûlée. Use açúcar cristal para fazer uma camada (somente na hora em que for caramelizar) na superfície do doce e passe o maçarico. Você terá aquela linda e deliciosa casquinha vitrificada de açúcar.




No preparo de peixes você pode usa-lo para dar aquele incrível efeito crisp na pele. Para legumes, dá um ótimo sabor de defumado, além de deixa-los ainda mais bonitos. O maçarico é ótimo também para tirar a casca de pimentão e tomate: uma passada rápida de chama queima a pele, que se solta facilmente.

Para carnes, você consegue aquele maravilhosa crosta caramelizada e também o efeito pururucado na pele de porco.

Usa-lo é muito fácil! Carregue o maçarico com o gás e espere alguns minutos antes de ligar. Depois de testar o alcance da chama, prepare o alimento que será queimado e mire o maçarico na direção exata do que será caramelizado. Com o alimento em foco, ligue o maçarico. O ideal é usá-lo fazendo movimento de varredura, sem deixar a chama parada num mesmo ponto por muito tempo, para que a superfície queime de maneira uniforme.

Aqui na BarraDoce selecionamos os modelos de maçaricos culinários que consideramos os melhores e mais eficientes para uso na cozinha, confira!

Você pode comprar em nossa loja física ou em nossa loja virtual, entregamos em todo o Brasil.

Colheres Dosadoras para Brigadeiros, Cookies e Cupcakes

Quem trabalha na cozinha sabe a importância da padronização. Além de facilitar o seu trabalho no dia a dia, também faz com que o seu produto final tenha sempre a mesma qualidade.

O tamanho das porções é muito importante neste processo. Medir ingredientes e ter produtos finais sempre iguais e do mesmo tamanho é um passo fundamental para ter um produto de qualidade e com sucesso.

Para que você consiga manter este processo na fabricação de brigadeiros, cookies e cupcakes estas colheres dosadoras são uma mão na roda.






Em quatro tamanhos, sendo duas ideais para brigadeiros e outras para cookies e cupcakes, elas facilitam o seu trabalho na hora de medir a quantidade necessárias para fazer as suas delicias.

As colheres dosadoras, ou medidoras para brigadeiros, estão disponíveis nas medidas de 3,3cm e 4,8cm. A primeira faz brigadeiros de 30g e 45g e a segunda de 50g e 75g, dependendo de como você utilizar.

Você poderá usa-la como uma colher de medida nivelada para fazer nas menores medidas ou cheias para fazer na maior medida. Com um pouco de prática você terá pego o jeito de usa-las e o processo ficará muito rápido e simples.

A "Colher Dosadora de Brigadeiros (3,3cm) - Doupan" é perfeita para brigadeiros gourmets. Um tamanho perfeito, para forminhas de papel tamanho 4 ou 3. Já a "Colher Dosadora de Brigadeiros (4,8cm) - Doupan" faz aqueles brigadeirões, super bem servidor e que faz até os maiores amantes do doce se saciarem!






Para quem vai fazer cookies a "Colher Dosadora para Cookie - Doupan" é a pedida perfeita. A quantidade de massa ideal, quando usada nivelada, para fazer os tradicionais cookies americanos.

Se estiver fazendo cupcakes, a "Colher Dosadora para Cupcake Tradicional - Doupan" enche as forminhas tradicionais em 2/3, a medida ideal para a grande maioria das receitas.

Todos os modelos estão à venda em nossa loja física e em nossa loja virtual, entregamos em todo o Brasil!

Ampola Saborizante para Doces

Você já conhece as ampolas saborizantes, que também são conhecidas como pipetas? Se não, precisa conhecer!





São um acessório para doces e bebidas que permitem que você sirva recheios, caldas e coberturas para que o convidado adicione no momento em que for comer.

Além de super divertido e decorativo, adiciona muito sabor e qualidade ao produto, pois algumas vezes as coberturas ou recheios ficam melhores quando colocadas somente no momento em que for ser consumida.

Este tipo de doce está super na moda para festas e casamentos e são um diferencial na mesa de doces.

São feitas em plástico transparente, para não interferir na decoração dos doces e da festa.

Elas tem capacidade para 0,5ml e tem 6,0cm. São vendidas em embalagens com 100 unidades.

Para conferir mais detalhes e comprar este produto super divertido, clique aqui.









Efeito Aveludado

É lindo ver como é possível transformar a pasta americana em flores belíssimas que até parecem ser de verdade. Mas para que muitas dessas flores realmente atinjam a tal grau de realismo é preciso finalizar as flores com um toque a mais, trazendo aquele aspecto aveludado delicado.

Para que isso a linha de Pó Aveludado Fosco da Mix é perfeito, além de muito versátil.


Ao aplicar o pó com um pincel em pastas americanas, rendas flexíveis ou até doces cobertos com fondant, ele adere a superfície e proporciona o acabamento aveludado de forma super delicada.



A versatilidade do Pó Aveludado Fosco se dá por ele ser hidrossolúvel, podendo ser misturado em essências a base de álcool ou álcool alimentícios (como álcool de cereais ou bebidas alcoólicas (vodka, conhaque, etc)) para ser trabalhado com pincel, no caso de alguns acabamentos, como também para se trabalhar com aerógrafo.


Outro uso desta linha de corantes em pó é que se pode misturar em massas, criando cores lindas, como até mesmo pode ser usado para tingir chocolates e coberturas de chocolates.


Para quem quiser ver as aplicações, a Mix tem este vídeo abaixo que mostra cada uma delas. Confira:

Receita :: Pâte A Choux (Massa Para Profiteroles, Bombas e Carolinas)

Se prepare para esta bomba ... Doce é claro!

Patê a choux é o nome em francês para a deliciosa e leve massa dos tentadores profiteroles, bombas e carolinas que vemos nas vitrines das patisseries e padarias aqui e mundo a fora. Apesar de parecer ser um massa difícil de ser feita, ela só precisa de um pouco de muque, pois a receita em si é simples de se fazer.

Foto: Divulgação (Martha Stewart.com)

Para preparar a sua massa você irá precisar de:
50 g de manteiga sem sal
120 ml de água
½ colher de chá de sal
½ colher de chá de açúcar
75 g de farinha de trigo
3 a 4 ovos

Em uma panela derreta em fogo baixo a manteiga cortada em cubos juntamente com a água, o sal e o açúcar. Assim que a manteiga derreter deixe a mistura chegar a fervura e retire do fogo imediatamente. Adicione a farinha e mexa vigorosamente com uma colher de pau até que ela absorva todos os líquidos. Volte a panela ao fogo baixo e continue a mexer para que a farinha cozinhe e a massa fique mais seca se soltando do fundo e das laterais da panela.

Foto: Divulgação (Le Cordon Bleu)

Transfira a massa para uma tigela e reserve por uns 5 minutos, pois é preciso que a massa esfrie um pouco para que os ovos sejam adicionados. Adicione 3 ovos, sempre um a um, mexendo bastante até que o ovo se incorpore a massa a cada adição. Ao adicionar o primeiro ovo você vai achar a massa irá dar errado, porque a massa de farinha se quebra e parece que o ovo não vai se misturar, mas tenha calma e continue a mexer.

A massa estará pronta esta estiver bem lisinha e ao levantar a colher ela cai como uma gota grande. Se achar que ela precisa ficar um pouco mais lisa, bata o último ovo e adicione apenas metade, reservando a outra metade caso precise ser acrescido também.

Para assar, pré-aqueça o forno em 200°C. Coloque a sua massa em um saco de confeiteiro e prepare uma assadeira forrada com papel manteiga ou um tapete de silicone.

Para os profiteroles e carolinas você irá fazer bolinhas com cerca de 3cm de diâmetro e eles levam de 10 a 12 minutos para assar e ficarem douradinhos.

Foto: Divulgação (Natalie Eng)

Já para as bombas ou eclairs é só fazer linhas retas com o tamanho que desejar, mas por volta de 10cm é um tamanho bom e levar para assar por 10 minutos e depois aumente para 220°C e asse por mais 5 minutos.

Foto: Divulgação (Pastry Pal)

A característica da massa é que ela cresce e forma um buraco de ar no meio, perfeito para você rechear com creme de confeiteiro (ou creme pâtissière) ou qualquer outro creme que desejar. Sabia que dá até usar cremes salgados? É! Fica perfeito para servir como entradinha ou aperitivo. Experimente um creme a base de cream cheese e camarão ou caranguejo ou um patê levinho.

Além de variar os recheios você pode brincar com o formato e acabamento da massa. Selecionamos algumas ideias para te inspirar, confira:

Foto: Divulgação (Xawaash)

Foto: Divulgação (Deliciously Noted)
 
Foto: Divulgação (Joe Pastry)

Foto: Divulgação (Joe Pastry)

Foto: Divulgação (Martha Stewart)
 
Foto: Divulgação (Martha Stewart)


Foto: Divulgação (Cake-cookie-pie)

*

Atenção para a lista de compras:
- Água
- Assadeira
- Açúcar
- Bico de confeiteiro
- Colher de pau
- Farinha de trigo
- Manteiga sem sal
- Ovos
- Papel manteiga
- Saco de confeiteiro
- Sal
- Tapete de silicone

Crédito da receita: Le Condon Bleu

Como Aplicar Transfer Para Chocolate Em Pasta Americana

Todo mundo sabe que os transfers dão um maior charme em chocolate, mas o que poucas pessoas sabem é que se pode usar o transfer para chocolate em pasta americana, para criar desenhos lindos e super decorativos.


Nós testamos duas técnicas que usam o calor para aplicar o transfer na pasta americana, já que desta forma faz com que a manteiga de cacau, ingrediente base dos transfers, amoleça e se fixe na pasta americana.

Primeiro abra a sua pasta americana com um rolo liso na espessura que desejar e coloque o transfer em cima com a face do desenho a se transferido para baixo. Passe o rolo por cima para garantir que todo o transfer esteja em contato com a pasta e remova os excessos de pasta americana com uma espátula ou faquinha.

Agora vamos as duas técnicas, que são com o ferro de passar roupa e com secador de cabelo.

Ferro de passar roupa
Para usar o ferro, ligue-o na temperatura mais baixa, em geral sinalizada com uma bolinha (●) que é indicada para tecidos como o nylon, para ir esquentando.

É importantíssimo que o ferro de passar não esteja com água para vapor, pois esta umidade pode passar para a pasta americana e estragar o seu trabalho.

Coloque um pano de prato ou um tecido de algodão em cima e passe o ferro fazendo movimentos circulares. O tempo para que o desenho do transfer se fixe na pasta americana varia conforme o ferro de passar, mas no nosso teste demorou entre 1 a 2 minutos.

Em seguida tire o pano e passe um alisador de massa por cima do acetato apenas para garantir que está tudo lisinho, espere uns 10 a 20 segundos e retire o acetato com cuidado.

Secador de cabelo
Com o secador de cabelo o processo é um pouco mais demorado pois a área em que ele deposita calor é menor do que a ferro. Na aplicação com o secador de cabelo não é preciso colocar o pano ou tecido, mas no teste achamos bom ir passando uma espátula angular para auxiliar na fixação e também para segurar a folha de transfer.

Comece a passar o secador de cabelo na temperatura média (em geral os secadores tem 3 temperaturas: baixa (como se deixasse apenas na ventilação), média (que já é quente) e alta (bem quente)) e usando o secador na posição vertical, com o bocal voltado para baixo, para que a folha de transfer não saia voando por ai.

No teste em que fizemos usamos um pedaço pequeno de pasta americana e demorou cerca de 3 minutos para que o desenho se fixasse completamente na pasta. Assim como o uso com o ferro de passar roupa, é importante esperar alguns segundos para retirar o acetato.

Vejam aqui os resultados que tivemos:

Clique na imagem para ver ampliada.

Considerações:
Antes de mais nada aconselhamos que você teste as duas técnicas para ver qual se adapta melhor.

Com o secador de cabelo, achamos que vale para pequenas porções de pasta americana, por causa do calor muito focado. Colocar um tecido por cima até ajuda para garantir que o transfer são se desloque, mas irá demorar muito mais tempo.

Já com o ferro de passar é bem mais prático e rápido, mas é preciso tomar MUITO mais cuidado. Se a pasta ficar quente demais ela derrete também, gruda no acetato e o seu trabalho já era. Por isso dá até para tirar um pouco o ferro, esperar alguns segundinhos, para voltar a passar.

Tanto com o secador como com o ferro aconselhamos você trabalhe com a sua área de trabalho polvilhada de amido de milho, para que a pasta americana não grude, e que ela seja de um material que suporte altas temperaturas, já que se ficará com o calor tanto do secador como do ferro muito próximo a ela.

E por fim é preciso lembrar que para se trabalhar com o transfer para chocolate e pasta americana o cuidado com o contraste entre o desenho do transfer e a cor da pasta não deve ser desconsiderado.