8 dicas de ouro e uma receita super simples para fazer o seu pão perfeito em casa

Fazer pão em casa é uma experiencia que vale a pena! Sentir aquele cheiro de pão quentinho, tirar do forno e ver um  pão lindo, com uma casca incrível… passar uma generosa camada de manteiga e se deliciar acompanhado de uma boa xícara de café é mais simples do que parece. Com uma boa receita, alguma prática e a ajuda destas dicas você poderá fazer, na sua casa, os pães mais gostos que comeu!

Só quem faz sabe a satisfação que é transformar farinha, água, fermento e sal em um alimento com texturas e sabores variados e deliciosos. É incrível como ingredientes tão simples podem se transformar em diversos tipos de pães.

Mas vamos logo ao ponto! Escolhemos uma receita básica e separamos algumas dicas para você acertar a mão e fazer um pão inesquecível! Ah, mas lembre-se… fazer pão requer alguma prática, então se não ficar perfeito na primeira tentativa, não desanime. E se gostar da receita e do processo, recomendamos investir estudo e prática para fazer os pães de fermentação natural!

 

Pão caseiro simples e fácil

 

Dicas que todo mundo deve saber para fazer pão em casa

 

Forno quente

Como em todas as receitas que vão ao forno, fazer o pré-aquecimento é imprescindível. Muitas pessoas não dão muita atenção para isto, mas não ache que ligar o forno uns 5 minutos antes de colocar o pão vai resolver. Os fornos residenciais levam entre 20 e 30 minutos para atingir a temperatura ideal para assar o pão… então, quando você preparar a massa para a segunda fermentação será o momento perfeito para ligar o forno! E ligue na temperatura máxima, pois precisaremos de bastante calor.

 

Sal e Fermento

Ao adicionar o sal e o fermento na farinha procure colocar um de um lado e outro do outro. Coloca-los juntos prejudica o fermento, fazendo com que perca sua força. Em seguida iremos misturar tudo, mas como temos muito mais farinha do que os demais ingredientes, o fermento não será afetado.

 

A farinha: proteína, glúten e Valor W

Você já ouviu falar do Valor W? É uma medida da qualidade do glúten, normalmente indicado em farinhas importadas. As fabricadas no Brasil ainda não costumam informar este valor.

O glúten é a proteína que dá flexibilidade à massa. Cada farinha tem uma quantidade e qualidade diferentes de glúten, e é exatamente para sabermos isso que serve o Valor W.

Uma farinha forte absorve mais água e permite massas com hidratação maior, mais resistente e que tendem a crescer mais. Em geral, quanto maior o tempo de fermentação da massa, maior será o W requerido.

Cada um tem uma farinha preferida. O que recomendamos é testar várias e escolher aquele que você se adapta melhor e deixa o pão bem ao seu gosto.

 

Água

Quanto mais água conseguirmos incorporar na massa, mais leve ficará o pão. Mas não saia adicionando toda água de uma vez, não. Adicione aos poucos, já que sempre podemos adicionar mais depois, enquanto o contrário não é verdadeiro!

 

Sova

Sovar a massa é uma etapa fundamental no preparo de pães, e para muitas pessoas uma verdadeira terapia.

A forma clássica e simples de sovar a massa é segurar a ponta com uma mão e com a base da palma da outra empurrar a massa para a frente, esticando-a sem rasgar. Dobre a massa sobre ela mesma, gire 90º e deixe a emenda para cima… repita, repita e repita.

Ah, uma dica importante neste processo. Antes de começar a sovar deixe a massa descansar cerca de 10 minutos para que a farinha possa absorver a água, o que vai facilitar a sova.

 

Banneton, ou cesto de pão

Longe de ser essencial, mas um passo que vale muito a pena! Fazer a segunda fermentação no banneton ajuda a dar formato ao seu pão além de criar um lindo desenho na crosta.

Este acessório, feito de fibra natural, pode ser utilizado com qualquer massa de pão. As características naturais do material o tornam o lugar perfeito para a massa descansar e crescer após ser modelada. Ao final de segunda fermentação basta virar a massa diretamente sobre a assadeira.

Existem bannetons de diferentes tamanhos e formatos, como redondos, ovais e baguettes.

 

Umidade no forno

Para assar o pão precisamos que o forno tenha umidade no momento em que colocamos a massa para assar. Para isso, espalhe água com um borrifador comum assim que colocar o pão no forno. Outra opção é colocar uma toalha de pano enrolada dentro de uma assadeira e despejar água fervendo sobre ela.

Caso use a técnica das tolhas, você deverá retira-las do forno após mais ou menos 20 minutos.

 

Deixar o pão esfriar um pouco

Essa talvez seja a dica mais complicada de seguir. Afinal, é quase impossível resistir ao pão recém tirado do forno, não é? Mas vale muito a pena deixar o pão por uns 15 minutos em uma grade de resfriamento, pois isso faz com que o miolo fique mais macio e a crosta crocante.

 

Receita e modo de preparo

Então, depois das dicas, vamos ao que interessa: receita e mão na massa. Vamos fazer o seu primeiro pão em casa!

Para quem está começando esta talvez seja a melhor receita de todas. São somente quatro ingredientes e processos simples que resultam em um pão lindo e delicioso. Rende um pão de 1kg, mas se achar muito (acreditem, vai acabar rapidinho) pode dividir os ingredientes pela metade e fazer um pão menor, de 500g.

Vamos precisar de:

  • 720g (6 xícaras) de farinha de trigo
  • 260g (2 xícara) de água
  • 8g (1 sachê) de fermento biológico seco
  • 14g (1colher de sopa) de sal

Com os ingredientes em mão, vamos ao principal: como fazer

  1. Em uma tigela coloque a farinha, o fermento e o sal (lembre-se, sal de um lado e fermento do outro) e misture deixando um buraco no centro
  2. Adicione parte da água, mas não toda, é melhor deixar a massa mais seca e depois adicionar mais água. Misture bem a água aos ingrediente secos
  3. Modele em uma bola e deixe descansar coberta por 10 minutos
  4. Sove a massa por aproximadamente 10 minutos. A massa deverá ficar bem lisa e elástica, se precisar sove mais um pouco
  5. Modele novamente uma bola e deixe descansar mais uma vez, agora por cerca de 1h.
  6. Com cuidado solte a massa com as pontas dos dedos e sem muita força amasse o modele novamente uma bola
  7. Coloque a massa, com a parte lisa virada para baixo, no banneton e cubra (nesta receita utilizamos o redondo de 1kg). Esta é a segunda fermentação, que dura cerca de 30 minutos
  8. Vire a massa na assadeira rasa, para que a parte lisa fique voltada para cima
  9. Faça a pestana, aquele corte na casca do pão, com uma lâmina bem afiada. Vamos fazer uma cruz: tente fazer cada corte em um único movimento, formando uma linha de um lado ao outro, com cerca de 0,5cm de profundidade
  10. Leve ao forno, na parte mais alta, e use uma das técnicas para dar umidade ao forno (pode até usar as duas ao mesmo tempo!)
  11. Deixe assar por aproximadamente 50 minutos (até ficar dourado) antes de retirar e deixar esfriar um pouco sobre a grade de resfriamento

Agora é só saborear o seu pão feito em casa e repetir o processo!

Se você gostou e ficou com interesse em aprender mais sobre fazer pão, recomendamos que leia o blog Amo Pão Caseiro, que tem muitas informações práticas e interessantes para você começar a se aprimorar neste universo!