No post de ontem o Chefe Confeiteiro Flavio Federico nos ensinou muito sobre pudins e flans.

Além de de muitas curiosidades, compartilhou uma receita super especial de Pudim de Leite e contou que prefere o dele sem furinhos. Só que uma dúvida ficou no ar: como controlar se o pudim terá ou não estes furinhos?

 

Pois é, tem o time dos “com furinhos” e os do “sem furinhos” e normalmente quem faz fica na torcida mesmo, pois só sabe se o pudim ficou furadinho ou não na hora de desenformar! A boa notícia é que o Chefe nos contou como controlar e porque isso acontece, veja só:

Muita gente pergunta como fazer um pudim super liso e sem furinhos. Essa é uma matéria controversa do ponto de vista de gosto pessoal, mas temos que lembrar que com ou sem furinhos, existe uma técnica para cada resultado.

Como a proteína das gemas coagula a 85ºC e das claras por volta de 70ºC, caso queira um pudim sem os furinhos, a água do banho maria jamais poderá passar desses 85ºC. Se isso não for respeitado a aglutinação da proteína forma os furinhos, deixando a textura menos sedosa. Ocorre também que nos espaços sem proteína o pudim fica mais aguado e mais propenso a rachar.
 
Da mesma forma, se a temperatura for bem equilibrada, o pudim ficara liso, sedoso e desmanchando na boca. Logo; se a água ferver, você terá furinhos!
 
Seja qual for a sua preferência, faça com carinho e amor, pois pudins são sempre dignos de alegria em qualquer mesa.

Bom divertimento

Ai está a explicação! Agora escolha o que você mais gosta e faça o seu pudim perfeito! Ah, se precisar de formas para pudim, você encontra tanto em nossa loja física quanto em nossa loja virtual.