A pectina é um produto com usos diversos. Muito útil na confeitaria, mas também largamente utilizada por seus benefícios para saúde.

Ela é uma fibra solúvel encontrada em frutas e verduras. Algumas das que contém mais pectina são as frutas cítricas, maçãs e beterrabas.

Quando aquecida em contato com o açúcar (inclusive com o açúcar naturalmente encontrado nas frutas, a frutose) e um ácido (normalmente suco de limão), forma um gel que tem a propriedade de espessar compotas, geleias, cremes e massas, proporcionando a textura ideal.

Dicas para a geleia perfeita

Além deste uso culinário, mais especificamente na confeitaria, a pectina tem propriedades muito benéficas para nosso organismo. As fibras são ingredientes fundamentais para o bom funcionamento do sistema digestivo, e a pectina tem atuação importante neste aspecto. Confira alguns dos benefícios:

  • Aumenta e hidrata o bolo fecal, facilitando o trânsito intestinal
  • Aumenta a sensação de saciedade
  • Estimula as bactérias benéficas que vivem no intestino
  • Ajuda no controle de glicemia
  • Contribui para a diminuição do colesterol

Muitas pessoas tem o hábito de consumir regularmente a pectina, tendo em vista todos estes benefícios.

Como vimos, a pectina é encontrada naturalmente em alguns alimentos. Entretanto nem todas as frutas tem uma concentração suficiente para que o ponto dê certo. Exemplos são o figo e abacaxi. A concentração de pectina pode variar também conforme o momento em que a fruta é colhida: quando a fruta está perfeitamente madura, nem ainda verde, nem passada, é o momento em que tem a maior quantidade.

O que fazer então? É possível “fazer” a pectina em casa ou compra-la pronta.

A pectina comercial é um pó branco extraído de frutas e deve ser muito bem misturado ao açúcar para não formar grumos durante a cocção. Usualmente, a quantidade de uso recomendada é na proporção de cinco partes de açúcar para uma parte de pectina. Caso opte por este tipo de pectina, você pode comprar aqui.

Caso prefira fazer em casa, a receita é a seguinte:

Receita de pectina caseira

  1. Corte em pedaços médios, com casca mas sem os caroços, 1 kg de maçã verde
  2. Leve ao fogo com 1 L de água durante aproximadamente 40 minutos (a maçã deverá ficar bem macia)
  3. Passe a maça, com um pouco da água, em uma peneira espremendo bem
  4. O extrato que irá sair é a pectina

Pectina Caseira, como fazer

Quer dicas para ter a geleia perfeita? Confira algumas aqui:

Não mexa muito, pois ao fazer isto a geleia pode cristalizar e ficar mais firme do que o ideal

Sempre esterilize os potes que irá utilizar, com água fervendo, antes de colocar a geleia. Qualquer contaminação é suficiente para estragar toda sua produção de um dia para o outro

Quando estiver cozinhando a fruta, retire aquela espuma que se forma na superfície

Lembre-se que a geleia irá continuar a engrossar enquanto esfria. Por isso, antes que fique grossa na panela retire um pouco com uma colher e deixe alguns minutos no freezer. Você terá um ideia melhor de como está o ponto: aperte com o dedo, ela deve estar firme e resistir um pouco à pressão.

Utilize frutas maduras, mas não passadas. Se não a geleia desanda.

O fogo deve ser, sempre, de médio à baixo.