São três os tipos de corantes alimentícios mais utilizados para colorir glacê, chocolates e pasta americana na decoração de bolos e cupcakes: em spray, em gel e em pó. Todas essas opções apresentam uma grande variedade de cores, inclusive metálicas e, no post de hoje, nós vamos te ensinar como utilizar cada tipo de corante dependendo da decoração que você quer fazer.

Corante em spray

Os corantes em spray são uma excelente alternativa para quem está em busca de praticidade na hora de decorar. Porém, é preciso ter bastante cuidado na hora de usar o spray, pois se você não conseguir aplicar tudo de maneira uniforme e suave, o resultado pode ficar desarmonizado.

Por isso, se você nunca tiver usado esse tipo de corante, o ideal é que você comece pintando objetos separados para não atingir a base do bolo com o corante. Coloque-os em cima de um papel toalha para absorver o excesso do corante mantenha certa distância, mas não muita para que você não perder o controle, entre o objeto e o spray e faça movimentos em ziguezague para que a cobertura fique bem delicada.

uma imagem sobre corante em spray

Para pintar a base do bolo, também mantenha essa distância entre o bolo e o spray e, se possível, coloque o bolo em uma base giratória para facilitar a cobertura uniforme. Lembre-se também de movimentar o spray enquanto isso para que o corante não fique concentrado em apenas um ponto.

Caso você queira pintar apenas uma parte do bolo com o spray, cubra o restante do bolo com uma cartolina para que o spray atinja somente a área que você quer e, se acontecer algum imprevisto, utilize um pincel para corrigir qualquer erro.

Corante em gel

Os corantes em gel são os mais concentrados e, por isso, ele rende bastante já que é necessário utilizar uma pequena quantidade deles para conseguir colorir glacê, pasta americana, creme de manteiga e marzipã.

Esse tipo de corante precisa ser incorporado à cobertura que você pretende utilizar antes de ela ser aplicada no bolo ou no cupcake. Vale ressaltar que, depois que o corante for incorporado e estiver seco, a cor costuma ficar mais escura do que aparenta enquanto você está misturando, então se você quiser cores mais claras, utilize bem pouco do corante em gel (clique aqui).

uma imagem sobre corante em gel

Porém, se você estiver procurando atingir um tom bem escuro, como o preto, vale mais a pena comprar a pasta americana já colorida, pois se você utilizar muito corante em gel, ele pode acabar alterando a consistência da cobertura, dificultando o seu trabalho.

Corantes em pó

Esse tipo de corante também recebe o nome de pigmento comestível. Para aplicá-lo, você pode utilizar um pince seco ou então diluí-lo misturando a um destilado claro, como a vodca, para uma aplicação mais controlada e um efeito de coloração mais definida.

A pigmentação desse tipo de corante é bem forte, então se lembre de sempre aplicá-lo no objeto desejado sobre papel toalha para absorver todo o excesso. Com esse tipo de corante, você pode criar a sua própria paleta de cores para criar decorações básicas e detalhadas.

uma imagem sobre corante em pó

O corante em pó é ideal para situações em que você quer utilizar diversas cores diferentes em objetos pequenos, pois é possível ser bem preciso na hora de pintar utilizando o corante em pó diluído.

Conforme você for evoluindo nessa arte, você vai perceber que é importante utilizar todos os tipos de corantes na decoração dos seus bolos, pois cada um deles é extremamente útil para situações específicas na confeitaria.