Você já parou pra pensar de onde vem o chocolate? Quem foi que descobriu o cacau e pensou em fazer o chocolate a partir daquela semente? Há quanto tempo as pessoas consomem chocolate? Provavelmente, não, e é por isso que a BarraDoce vai falar no post de hoje um pouco mais sobre as origens desse doce tão adorado nos quatro cantos do mundo para que você possa conhece-lo um pouco mais.

De onde vem o chocolate?

O chocolate é derivado do cacau, uma fruta que tem a floresta Amazônica como local de origem. Conforme os povos da região foram comercializando o cacau entre eles, a fruta foi ganhando outros territórios, até que algumas tribos que habitavam a Mesoamérica passaram a consumir a semente, por volta do ano de 1900 a.C.

Como o chocolate era consumido?

A princípio, tal bebida era feita a partir da polpa do cacau, mas com o passar do tempo, esses povos passaram a usar a semente do cacau para produzir uma bebida espessa que normalmente era consumida pelas elites.

Diversos povos que dominaram a região, como os impérios Maia e Asteca, também tinham como costume beber o líquido proveniente do cacau e com a chegada dos colonizadores espanhóis, tais povos passaram adiante esse costume para os europeus que vieram para a América. Atualmente, 8 dos 10 países que mais consomem chocolate no mundo inteiro são países europeus. Coincidência? Não mesmo!

uma imagem sobre semente de cacau

O chocolate foi levado à Europa por esses espanhóis que tiveram contato com a bebida aqui na América, ainda no século XVI. O chocolate como bebida continuou sendo consumido pelos europeus até metade do século XIX, quando as barras de chocolate começaram a surgir, ou seja, quase 300 anos se passaram até que o chocolate começasse a ser produzido da maneira que o conhecemos hoje.

A primeira empresa a fabricar barras de chocolate moldadas foi a britânica J. S. Fry & Sons, em 1847. Essas barras eram feitas com cacau em pó, açúcar e manteiga de cacau e foram um sucesso imediato!

A evolução da produção do chocolate

A partir do século XIX, a produção da barra de chocolate foi ficando cada vez mais avançada. Em 1875, os suíços Daniel Peter e Henri Nestlé, criaram o primeiro chocolate ao leite do mundo, após descobrirem uma forma de desidratar o leite para remover a água do chocolate.

uma imagem sobre produção de chocolate

Em 1879, Rodolphe Lindt melhorou o processo de produção do chocolate ao desenvolver um método de conchagem, que prolongava a agitação do chocolate para aprimorar ainda mais o sabor. Além disso, Lindt também foi pioneiro ao acrescentar a manteiga de cacau adicional para deixar o chocolate com uma textura mais macia, o que se tornou (e permanece até hoje) uma característica marcante do chocolate suíço.

No início do século XX, um aprendiz do chefe francês Auguste Escoffier descobriu a ganache por acidente, misturando o chocolate ao creme sem querer. O resultado foi de uma mistura mais maleável e que permitiu a criação das trufas, o que possibilitou a adição de outros sabores ao chocolate.

O chocolate hoje

Atualmente, nós estamos vivendo uma fase diferente na produção do chocolate. Depois do grande crescimento de várias marcas de chocolate nos dois últimos séculos, alguns fabricantes passaram a priorizar a qualidade da semente do cacau e deram início a uma nova era do chocolate: a do chocolate artesanal.

uma imagem sobre chocolate artesanal

É claro que os chocolates considerados de menor qualidade e que, consequentemente, são mais baratos continuam fazendo parte das prateleiras do mercado, mas há uma demanda crescente por chocolates de melhor qualidade e mais saborosos e é esse caminho que vem ganhando destaque nos dias de hoje.

Agora, você já sabe um pouco mais sobre a história do chocolate, onde começou o consumo desse alimento tão apreciado até hoje no mundo inteiro e como ele é comercializado atualmente, e agora sabe também que uma simples semente pode ter uma história interessantíssima, como o cacau tem.

Clique aqui para conhecer os nossos chocolates!