Select Page

Mês: Março 2016

Receita :: Pâte A Choux (Massa Para Profiteroles, Bombas e Carolinas)

Se prepare para esta bomba … Doce é claro! Patê a choux é o nome em francês para a deliciosa e leve massa dos tentadores profiteroles, bombas e carolinas que vemos nas vitrines das patisseries e padarias aqui e mundo a fora. Apesar de parecer ser um massa difícil de ser feita, ela só precisa de um pouco de muque, pois a receita em si é simples de se fazer. Foto: Divulgação (Martha Stewart.com) Para preparar a sua massa você irá precisar de:50 g de manteiga sem sal120 ml de água½ colher de chá de sal½ colher de chá de açúcar75 g de farinha de trigo3 a 4 ovos Em uma panela derreta em fogo baixo a manteiga cortada em cubos juntamente com a água, o sal e o açúcar. Assim que a manteiga derreter deixe a mistura chegar a fervura e retire do fogo imediatamente. Adicione a farinha e mexa vigorosamente com uma colher de pau até que ela absorva todos os líquidos. Volte a panela ao fogo baixo e continue a mexer para que a farinha cozinhe e a massa fique mais seca se soltando do fundo e das laterais da panela. Foto: Divulgação (Le Cordon Bleu) Transfira a massa para uma tigela e reserve por uns 5 minutos, pois é preciso que a massa esfrie um pouco para que os ovos sejam adicionados. Adicione 3 ovos,...

Leia o artigo completo

Como Aplicar Transfer Para Chocolate Em Pasta Americana

Todo mundo sabe que os transfers dão um maior charme em chocolate, mas o que poucas pessoas sabem é que se pode usar o transfer para chocolate em pasta americana, para criar desenhos lindos e super decorativos. Nós testamos duas técnicas que usam o calor para aplicar o transfer na pasta americana, já que desta forma faz com que a manteiga de cacau, ingrediente base dos transfers, amoleça e se fixe na pasta americana. Primeiro abra a sua pasta americana com um rolo liso na espessura que desejar e coloque o transfer em cima com a face do desenho a se transferido para baixo. Passe o rolo por cima para garantir que todo o transfer esteja em contato com a pasta e remova os excessos de pasta americana com uma espátula ou faquinha. Agora vamos as duas técnicas, que são com o ferro de passar roupa e com secador de cabelo. Ferro de passar roupaPara usar o ferro, ligue-o na temperatura mais baixa, em geral sinalizada com uma bolinha (●) que é indicada para tecidos como o nylon, para ir esquentando. É importantíssimo que o ferro de passar não esteja com água para vapor, pois esta umidade pode passar para a pasta americana e estragar o seu trabalho. Coloque um pano de prato ou um tecido de algodão em cima e passe o ferro fazendo movimentos circulares. O tempo...

Leia o artigo completo

Ovo De Colher – Dicas

Os ovos de colher são um sucesso e ocupam cada vez mais o lugar dos ovos tradicionais de cascas ocas e bombons dentro, mas para se preparar um belo ovo bem recheado existem algumas dicas. Ovo casca grossa!É isso mesmo! O ovo de colher precisa ter uma casca mais grossinha, para que além de ficar ainda mais irresistível fique firme para que se coloque o recheio. 1001 recheiosOs recheios podem ser os mais variados. Vale recheio do brasileiríssimo brigadeiro e suas infinitas variações, como também doce-de-leite, trufa, massa de cakepop, bolo, sorvete e diversas opções de sobremesas. FechamentoO acabamento e fechamento do ovo de colher depende do tempo em que for levar para ele ser consumido. Aqueles que tiverem a decoração feita com o próprio recheio, como brigadeiro ou doce-de-leite ou com frutas frescas por exemplo, devem ser consumidos em um prazo bem curto. Para que o ovo dure um pouco mais é preciso compactar bem o seu recheio, para que não fique bolhas de ar, e seja fechado com uma camada de chocolate. Este fechamento com o chocolate sela o recheio e evita que ele estrague rapidamente. Além de fechar o ovo de colher, o chocolate pode ser incrementado com um confeitos, granulados ou simplesmente um...

Leia o artigo completo

Temperagem Do Chocolate

O processo de temperagem muitas vezes é encarado pelas pessoas que vão trabalhar com chocolate como algo difícil de ser feito. Ele nada mais é do que aquecer o chocolate a uma certa temperatura, esfriá-lo e aquecê-lo novamente para que se obtenha no final um chocolate que fique duro corretamente para que ao quebrá-lo você possa escutar o “snap”, que é o barulho que mostra que ele foi feito corretamente, além de uma força de encolhimento, para que ele desenforme sem dificuldade do molde, e por fim para que ele tenha um brilho único. Foto: Divulgação Quando não se realiza a temperagem o chocolate demora muito mais para endurecer e quando endurece se derrete facilmente na mão, pode ficar com uma consistência granulada e não se obtém um produto final com brilho ou apresenta manchas esbranquiçadas. O propósito básico do processo é realizar a pré-cristalização da manteiga de cacau, que está relacionada a temperatura de trabalho do chocolate. Ao derreter o chocolate numa temperatura entre 40 e 55 °C, dependendo do tipo de chocolate, as moléculas de manteiga de cacau se desmontam e quando o chocolate esfria as moléculas da manteiga de cacau voltam a obter o formato de cristais, sendo que cada formato possui uma temperatura diferente de derretimento. O que se deseja com a temperagem é ajudar a manteiga de cacau a obter apenas a forma de um...

Leia o artigo completo

Arquivo

Categorias